• 16 de dezembro de 2019

Acusado de roubo se desespera ao reconhecer juíza como sua amiga de infância

 Acusado de roubo se desespera ao reconhecer juíza como sua amiga de infância

Por Redação

Detido na segunda-feira (29/06/2015) como suspeito de roubo de veículo nos Estados Unidos, Arthur Booth, 49 anos, desesperou-se ao reconhecer, em seu julgamento, a juíza Mindy S. Glazer como uma velha amiga de infância.

“Senhor Booth, tenho uma pergunta. Você frequentou [a escola] Nautilus?”, questionou a juíza ao perceber o rosto do homem.Oh meu Deus! Oh meu Deus!”, disse Booth ao olhar para a magistrada.

Triste com o destino de seu amigo, a juíza deu conselhos para que o homem aprendesse a lição e mudasse de vida. “Sr. Booth, espero que você seja capaz de mudar seu comportamento. Boa sorte”. “Espero que seja capaz de sair desta situação e tenha uma vida boa.”, completou.

O caso aconteceu nesta terça-feira (30/06/2015). Veja a reação do preso:

https://www.youtube.com/watch?v=I5CMh8SMjOw

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.