Noticias

Advogado e primo do prefeito é brutalmente assassinado em Goiás em emboscada armada por cliente

Advogado é morto após ser atraído por cliente para uma emboscada

O advogado e assessor jurídico da prefeitura de Alexânia (GO), Charlesman da Costa Silvano, de 37 anos, foi assassinado a tiros neste último sábado (12). A vítima era prima do prefeito da cidade, Allysson Silva Lima, e segundo a polícia, a principal suspeita é de que o advogado tenha sido atraído para uma emboscada armada por um cliente.

As investigações apuraram que Charlesman era advogado de um dos suspeitos, identificado como Gilberto Gomes de Oliveira. Segundo a polícia, quando Oliveira estava preso, acusado de tráfico de drogas, seu defensor teria tido um caso com a mulher dele. Ao tomar conhecimento do fato, o cliente decidiu matar o advogado.

advogado
Charlesman da Costa Silvano, advogado e assessor jurídico de Alexânia (GO) assassinado por cliente

Leia mais:

Goleiro Bruno leva indenização de R$ 30 mil por capa de livro sobre Eliza Samúdio

Caso Irmãos Menendez: por que eles mataram brutalmente os pais?

Cliente atrai o advogado para a emboscada

Mensagens encontradas no celular de Charlesman constataram que Gilberto havia marcado um encontro com ele no local em que ele foi morto, no Setor Clube Nova Flórida. Quando a vítima ao local, houve uma breve discussão entre eles, e em seguida, o suspeito disparou ao menos sete vezes contra o assessor jurídico de Alexânia.

De acordo com a polícia, o suspeito foi visto por testemunhas fugindo em uma moto velha e se escondeu na casa da mãe. Durante as buscas, ele resistiu à prisão, houve então troca de tiros e ele foi atingido na perna. Durante o incidente, três pessoas foram atingidas e uma delas acabou morrendo.

A mulher de Oliveira contou a polícia que seu marido havia descoberto o caso dela com o advogado durante o tempo em que ele esteve preso em 2019. Ela relatou ainda que o suspeito usou cocaína durante a noite. Na casa onde ele estava, os policiais encontraram uma substância semelhante à droga que passará por análise pericial. Também foram apreendidos a moto e uma jaqueta que ele usava no dia do crime.

Fonte: Estadão

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo