- Publicidade -

Advogado coloca droga debaixo de bancada durante atendimento em presídio

- Publicidade -

No domingo, 31 de julho, por volta das 15h45, um advogado criminalista foi preso em flagrante durante um atendimento realizado no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, por ter colocado drogas embaixo de uma bancada. 

- Publicidade -

Advogado leva droga em atendimento na Papuda

As câmeras do circuito interno de segurança capturaram o momento em que o advogado está sozinho na sala antes do detento chegar. Inquieto, o advogado fica observando um corredor próximo, o segregado chega e ambos conversam rapidamente, sendo que em seguida as câmeras flagram quando o advogado deixa um tablete de maconha embaixo da bancada.

advogado
Imagem: Correio Braziliense

- Publicidade -

Após ele sair da sala, os policiais penais do Complexo desconfiaram da conduta do advogado e investigando o ambiente, descobrindo a droga presa na bancada. Ele havia pedido aos policiais penais para que o atendimento do detento fosse antecipado por ter compromisso com outros presos marcados para o mesmo dia. A câmera de segurança ainda capturou o momento em que ele pega álcool em gel em um recipiente e passa pelo tablete da droga, tentando apagar suas digitais. A ação dura cerca de 20 minutos, desde o momento em que ele retira o objeto da calça até o momento que o deixa embaixo da bancada. 

Ele não compareceu aos demais atendimentos agendados no mesmo dia, e estava saindo apressadamente do Complexo Penitenciário quando foi abordado pelos policiais penais do local. O Complexo informou que a sala de atendimentos havia sido revistada antes do atendimento do advogado com o segregado. Ele foi levado até a 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião), onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Manifestação da OAB

A Secretaria de Justiça do Distrito Federal informou que o caso foi encaminhado à Controladoria. Já a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do DF disse que suspendeu o registro do advogado por 90 dias. O Tribunal de Ética e Disciplina da OAB informou que também está apurando o caso.

- Publicidade -

O advogado também faz parte do sistema socioeducativo do Distrito Federal, ou seja, realiza atendimentos aos jovens infratores em complexos socioeducativos. Ele não teve seu nome revelado, mas, segundo a Polícia Civil, já estava sendo investigado pela por tráfico de drogas antes do ocorrido.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais

Homem mata esposa por ter se negado a servir cerveja Prima de Daniella Perez encontra Paula Thomaz em shopping Raul Gazolla manda recado para marido de Paula Tomaz Bolsonaro e Michelle visitam igreja em que Guilherme de Pádua é pastor Esposa de Guilherme de Pádua comenta sobre série da HBO Max