• 28 de setembro de 2020

Advogado(a): conheça ferramentas e formas de trabalhar durante a quarentena

 Advogado(a): conheça ferramentas e formas de trabalhar durante a quarentena

Advogado(a): conheça ferramentas e formas de trabalhar durante a quarentena

Com o fechamento dos foros, redução de atendimentos a flagrantes e demais medidas preventivas que foram tomadas para tentar conter a disseminação da Covid-19, muita incerteza foi gerada sobre como ficará a economia e também o trabalho dos advogados, principalmente aqueles que, assim como eu, estão começando na vida jurídica e não tem uma extensa cartela de clientes.

Pensando nisso, em conjunto com o Núcleo de Apoio a Advogados e Advogadas Criminais, pretendo demonstrar algumas ferramentas e formas para se manter ativo durante a quarentena, e com isto continuar com a captação de clientes para quando a vida retornar a sua normalidade.

Uma das formas de se manter ativo no Direito Penal é através do Marketing de Conteúdo. Com a popularidade das redes sociais é quase uma necessidade que o advogado tenha para si uma página profissional nas plataformas mais populares, como o Facebook, Instagram e Twitter.

É preciso publicar conteúdo com frequência para não cair em esquecimento, bem como focar seu material para o público alvo que quer atingir, desta forma se faz necessário regular a escrita para que o seu leitor consiga compreender a mensagem que está sendo publicada.

Na minha pouca experiência, descobri que muitas pessoas gostam de falar sobre as matérias do direito. Mas muitas têm na escrita técnica a principal dificuldade em iniciar uma leitura no direito. Assim, caso seu público alvo não seja outros profissionais do direito, utilizar menos termos técnicos pode ser a grande diferença entre uma publicação que será lida e uma que será ignorada.

Hoje em dia, com a comunicação cada vez mais dinâmica, a forma mais indicada de atingir novos públicos é demonstrar seu conhecimento e com isto captar novos clientes, seja com a criação de vídeos para plataformas como o Youtube ou Instagram. Neste caso, também se faz necessário ajustar o linguajar técnico ao público-alvo.

Uma forma de atingir o público em geral é utilizar-se dos temas em destaque no mundo e dar a visão legal sobre o assunto. No entanto, caso seu público alvo seja estudantes de direito, ou outros colegas advogados, manter a forma técnica se faz necessário para que o público alvo seja atingido.

Em tempos de isolamento é difícil de se ver que nem tudo mudou, muitas coisas continuam da mesma forma como antes, porém a distância, advogados continuarão a ser indagados a respeito de consultas jurídicas, seus clientes ainda terão dúvidas a serem tiradas, etc. Desta forma, uma comunicação mais fácil com estes clientes é necessário.

Portanto, se faz necessário utilizar-se de programas como o WhatsApp, Telegram e Discord para atender seus clientes remotamente, seja via mensagens de texto ou ligações. O já citado Discord é um aplicativo extremamente útil, tendo em vista que ele permite a criação de salas de conversa de voz, vídeo ou texto, entre várias pessoas de uma só vez, o que poderá lhe economizar muito tempo. 

Por fim, uma última forma de se manter em evidência é através de lives apresentando temas relevantes ao momento, ou dar pequenas “videoaulas” para quem também encontra-se em confinamento. Desta forma é possível criar canais nas plataformas como o Youtube e Twitch, sendo possível gravar os vídeos com o próprio celular. Caso queiram produzir lives mais elaboradas, recomendo a utilização do programa “StreamLabs – OBS”, o qual é de fácil manuseio e com um número grande de ferramentas.

Caros colegas, e demais leitores, o COVID-19 chegou ao nosso país e ficará, as medidas de confinamento são necessárias para que façamos com que a curva de pessoas doentes seja a menor possível, no entanto a vida continua e precisamos continuar a trabalhar para manter as contas em dia. Desejo grande sorte a todos, e espero ter conseguido ajudar ou inspirar vocês com este pequeno texto.

Fiquem saudáveis.


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Então, siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Douglas Rosa