NoticiasInvestigação CriminalProcesso Penal

Ameaças de estupro contra deputadas devem ser investigadas pela PF a pedido do MP

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) pediu para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, que estabeleça à Polícia Federal a investigação sobre ameaças de estupro e de morte feitas contra parlamentares. De acordo com o Grupo Trabalhista (GT), 10 parlamentares foram vítimas de ameaças nos últimos três meses.

O GT acredita que isso seja um movimento com o intuito de amedrontar as parlamentares por meio da internet. O pedido feito ao ministro tem o intuito de apurar os casos, com identificação dos agressores.

Ameaças de estupro contra deputadas devem ser investigadas pela PF a pedido do MP
Reprodução: Câmara dos Deputados

Leia mais:

PRF pede demissão de agente que ensinou como usar viatura como câmara de gás em cursinho

Mototaxista é vítima de dois assaltos e um atropelamento em menos de uma hora

O caso da deputada Tabata Amaral foi lembrado pelo GT. Amaral denunciou em suas redes ameaças de estupro seguido de morte que vinha sofrendo semana passada. A deputada afirmou que as mensagens ficaram mais frequentes depois de anunciar sua pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo em 2024.

Estupro “corretivo”

Também foi destacado pelo GT as ameaças de estupro “corretivo”. O termo serviria para “corrigir” a identidade de gênero de uma vítima. As deputadas estaduais Lohana França e Bella Gonçalves e as vereadoras Iza Lourença e Cida Falabella foram vítimas dessas ameaças. 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo