- Publicidade -

Anular a Lava Jato levaria à devolução de dinheiro aos corruptos, diz Fux

- Publicidade -

De acordo com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, “Se a Lava Jato for anulada, teremos que devolver dinheiro aos corruptos”, disse em entrevista à revista ISTOÉ.

- Publicidade -

Devolver dinheiro aos corruptos

A frase foi motivada pelos recentes ataques ao STF, oriundos de parlamentares bolsonaristas, e pelos recentes vazamentos que ficaram conhecidos como Vaza Jato, os quais sugerem um suposto conluio entre os Procuradores que atuaram na operação e o ex-juiz Sérgio Moro.

Diante da prisão do parlamentar Daniel Silveira, Fux afirmou que

A prisão do deputado Daniel Silveira foi uma mensagem do STF de que ameaças à democracia não serão toleradas. Para o ministro, é importante que a liberdade de expressão deva ser preservada, mas falas de ódio contra as instituições, que visam desacreditar o sistema democrático, devem ser punidas.

- Publicidade -

Quanto à alegação do deputado, que se manifestou invocando a imunidade parlamentar decorrente do mandato, Fux ressaltou que

Imunidade nunca pode ser traduzida como impunidade. Quem passa dos limites das leis e da Constituição e abusa do poder de se expressar livremente, transformando críticas em ameaças e coação às instituições democráticas, deve ser punido.

Passando ao tema da Lava Jato, o ministro saiu em defesa da operação, apontando que ela já faz “parte do ideário de combate à corrupção já enraizado no País”. 

- Publicidade -

Indagado ainda sobre eventuais ilegalidades na operação sugeridas pelos vazamentos, o ministro relatou que

Eventuais erros da operação devem ser tratados como questões pontuais e analisados no foro adequado. Mas não há dúvida do êxito da Lava Jato no combate aos crimes de colarinho branco.

- Publicidade -

Diante do cenário apresentado, Luiz Fux indicou ainda que, caso toda a operação seja anulada, “teremos de contratar um contador para devolver todo dinheiro para os corruptos e corruptores”.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

Juíza considera atípica a conduta de portar droga para consumo pessoal e absolve o réu


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais