- Publicidade -

Após audiência de custódia, Flordelis será transferida para Gericinó

- Publicidade -

Após ter seu mandato como deputada federal cassado pela Câmara dos Deputados por 437 votos a 7, Flordelis foi presa na última sexta-feira (13). A audiência de custódia foi realizada sábado (14) na cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, Rio de Janeiro.

- Publicidade -

Após a audiência de custódia, foi proferida decisão determinando que Flordelis ficará presa no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu. Como não tem formação superior, a ex-deputada ficará em uma cela comum.

Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, assassinado com mais de trinta tiros na porta de sua casa em Pendotiba, Niterói (RJ).

A ex-parlamentar foi eleita em 2018 pelo Partido Social Democrático (PSD) e até a cassação de seu mandato na última quarta-feira (11) gozava de imunidade parlamentar. Os deputados federais entenderam não haver dúvida de sua participação no crime.

Á época do assassinato, a Flordelis alegou que o atentado havia sido um assalto. Não obstante, investigações do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPERJ) e Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) logo encontraram divergências nos depoimentos prestados pelos envolvidos e outras evidências de autoria e materialidade do crime.

- Publicidade -

A investigação descobriu, ainda, que a família tentou ocultar evidências, inclusive por meio de uma fogueira no quintal da casa para destruir provas. A Polícia Civil acredita que Flordelis já havia tentado matar o marido por envenenamento ao menos seis vezes e por meio de matadores, outras duas vezes.

- Publicidade -

Antes da votação na Câmara, o Conselho de Ética já havia sido favorável ao parecer do deputado Alexandre Leite (DEM-SP). No parecer consta que Flordelis violou o Código de Ética e Decoro Parlamentar, justificando a perda do mandato.

Leia também

Digital influencer é presa pela PF em Guarulhos por tráfico internacional

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais