Noticias

Chocante e Mortal: O terrível ataque com gás sarin no metrô de Tóquio que abalou o mundo

Relembrando o ataque que abalou Tóquio: a execução dos membros do grupo Aum Shinrikyo

No dia 20 de março de 1995, a capital japonesa, Tóquio, viveu momentos de terror quando membros da seita Aum Shinrikyo realizaram um ataque químico na rede de metrô da cidade. Liderados por Shoko Asahara, o ataque causou a morte de 13 pessoas e ferimentos em mais de 6.300, tornando-se uma das maiores tragédias não-naturais da história do país. Passados 28 anos, em 2023, o Japão executou os líderes e membros do grupo responsável por tamanha atrocidade.

O ataque do grupo Aum Shinrikyo foi marcado pela liberação de sarin, um potente gás tóxico, nos vagões do metrô. Esta seita misturava elementos de diferentes religiões, como cristianismo, budismo e hinduísmo, e sua ideologia violenta defendia um apocalipse global iniciado por um confronto com o Estado japonês.

Tóquio
Chocante e Mortal: O terrível ataque com gás sarin no metrô de Tóquio que abalou o mundo 3

LEIA MAIS:

Kevin Spacey quebra o silêncio após absolvição surpreendente e choca o mundo

Caso Marielle Franco: Maxwell é transferido para presídio federal em Brasília

A escalada do terror em Tóquio

No fatídico dia, muitos passageiros lembram de ter sentido um forte e azedo cheiro químico, semelhante ao de solvente de tinta, e observado pedaços de jornais molhados nos vagões – indícios do sarin liberado. O pânico se instalou à medida que as pessoas começaram a sofrer convulsões, a espumar pela boca e a apresentar sangramentos nasais.

Qual foi a resposta de Tóquio a esse ataque?

A resposta às crises foi rápida, porém caótica. As autoridades tiveram de lidar com milhares de pessoas intoxicadas e em pânico, tanto nos vagões quanto nas estações de metrô. Em meio ao caos, as Forças de Autodefesa do Japão entraram em cena, vestidas com uniformes antirradiação e máscaras de gás, auxiliando na evacuação dos passageiros afetados e no transporte dos feridos para os hospitais.

Tóquio
Chocante e Mortal: O terrível ataque com gás sarin no metrô de Tóquio que abalou o mundo 4

Trauma nacional

Esse ataque aterrorizante marcou profundamente Tóquio, um país acostumado a frequentes desastres naturais, mas com baixos índices de criminalidade. O impacto psicológico do atentado, aliado à forma brutal com que foi perpetrado, causou uma onda de pânico nacional. A execução dos membros do grupo, quase três décadas depois, é uma tentativa de cicatrizar as feridas abertas por essa tragédia.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo