• 19 de janeiro de 2020

Bernardo de Azevedo e Souza

Advogado (RS)

Um Conto de Natal (Parte 5 – Final)

E chegamos ao final da resenha de cinto textos sobre Um Conto de Natal, de Charles Dickens. Caso esteja chegando agora e não tenha lido qualquer das partes anteriores, deixo os links a seguir: Parte 1, Parte 2, Parte 3 e Parte 4. No início da jornada literária, alertei para o fato de que resenhar clássicos da literatura não era uma tarefa […]Leia Mais

Um Conto de Natal (Parte 4)

Esse é o quarta parte de cinco textos sobre Um Conto de Natal, de Charles Dickens. Recomendo que, antes de prosseguir, não deixe de ler a Parte 1, Parte 2 e Parte 3. Síntese de Parte 3: Scrooge foi visitado pelo segundo dos Espíritos, o Fantasma do Natal Presente. O espectro lhe levou até a residência do auxiliar de escritório. Mesmo com […]Leia Mais

Um Conto de Natal (Parte 3)

Essa é a terceira parte de cinco textos sobre Um Conto de Natal, de Charles Dickens. Escrevi esta breve resenha por ter a convicção de que o conto, embora escrito no século XIX, nos transmite uma mensagem atemporal de humanidade, empatia e amor com o próximo, valores que estão em falta na atualidade. Ainda que uma resenha literária […]Leia Mais

Um Conto de Natal (Parte 2)

Essa é a segunda parte de cinco textos sobre Um Conto de Natal, do escritor inglês Charles Dickens. Caso não tenha lido a primeira delas, recomendo que, antes de prosseguir, clique AQUI. Na primeira parte de nossa jornada literária, conhecemos um pouco sobre o nosso protagonista, Ebenezer Scrooge, um velho avarento, frio e ganancioso, que, definitivamente, não simpatizava com […]Leia Mais

Um Conto de Natal

Resenhar clássicos da literatura não é uma tarefa fácil. O resenhista, ao decidir resenhar um livro ou um conto, por menor que seja, corre o risco de escrever demais (ou de menos). Com isso, algumas vezes não consegue oferecer, nem de longe, a imersão que o autor desejou passar aos leitores no momento da escrita. O desafio, acredito eu, é maior […]Leia Mais