• 23 de janeiro de 2020

Ezequiel Fernandes

Advogado criminalista

Paridade de armas: júri é guerra!

Paridade de armas: júri é guerra! “Júri é guerra”, já dizia um combativo advogado. Quiçá, tenha extraído esta conclusão dos ensinamentos de Carnelutti: Em uma palavra, enquanto o juiz está lá para impor a paz, o Ministério Público e os advogados estão lá para fazer a guerra. Precisamente, no processo, é necessário fazer a guerra […]Leia Mais

Direito à defesa criminal: um direito de todos!

Direito à defesa criminal: um direito de todos! A essência, a dificuldade, a nobreza da advocacia é esta: permanecer sobre o último degrau da escada ao lado do acusado. – Francesco Carnelutti A violência urbana é sempre campo fértil ao discurso do ódio: ‘Bandido bom é bandido morto’; ‘Está com pena? Leva ele pra casa’; […]Leia Mais