Dennis Nilsen, o necrófilo escocês

"Aos 16 anos, alistou-se e serviu ao exército, onde exerceu a função de cozinheiro. Foi aí que absorveu a expertise do corte de faca, própria de um açougueiro – que, futuramente, veio a ser extremamente útil para suas práticas…

Richard Chase, o vampiro de Sacramento

"O banheiro estava todo ensanguentado, mas sem corpos. Depois constatou-se que Chase transportava o sangue de suas presas para o banheiro e, no local, deleitava-se bebendo sangue. O filho de Evelyn, Jason, também não teve a mesma sorte..."

Genene Jones, a enfermeira diabólica

"Entre maio e dezembro de 1981, dez crianças da UTI morreram de forma 'inexplicável'. Segundo os arquivos do hospital, em todos os casos a enfermeira Jones estava presente ao lado da cama durante 'os últimos eventos com vida”..."

Dorothea Puente, a assassina de inquilinos

"Dorothea foi capturada por acaso, quando o detetive John Cabrera resolveu visitar a pensão à procura de Burt Montoya, um homem esquizofrênico dado como desaparecido por sua assistente social. Cabrera não notou nada incomum..."

Ed Gein, o louco carniceiro

"Chegando ao local, eles não acreditaram no que viram. Bernice estava pendurada de cabeça para baixo fincada por um gancho (como os de açougue) sem cabeça e sem intestinos (posteriormente foram encontrados em uma caixa)..."

Edmund Kemper, o gigante assassino

"Por mais que Edmund sentisse um prazer imenso ao matar e estuprar colegiais, nada se comparava ao deleite que sentia ao fantasiar uma relação sexual com a sua mãe. Era uma depravação edípica ao extremo. A sua compulsão erótica..."

Nannie Doss, a viúva negra

"Indignada com a violência sofrida, a viúva negra encheu uma garrafa vazia de whisky com veneno de rato. Como um roedor caindo na ratoeira, Robert tomou uma dose da 'bebida'. A sua noite foi de muito sofrimento e seguida de morte..."

Luis Garavito, a besta colombiana

"A partir do momento em que a vítima se cansava de 'passear', a 'besta' a levava para um local desocupado, normalmente um matagal, e, ato contínuo, amarrava as suas mãos e a violentava sexualmente. Mas não era o fim do sofrimento..."

Albert Fish, o devorador de crianças

"Fish disse ter matado ao menos 23 e molestado mais de 400 menores. Sua forma de abordagem era a clássica de um pedófilo: aguardava, pacientemente – como um predador –, uma criança, previamente escolhida, ficar sozinha..."

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais