• 26 de janeiro de 2020

Luiz Augusto Filizzola D'Urso

Advogado (SP)

Projeto anticrime aprovado na Câmara altera pena para ofensas nas redes sociais

Projeto anticrime aprovado na Câmara altera pena para ofensas nas redes sociais Nesta quarta-feira (04) o chamado Pacote anticrime, apresentado pelo Ministro Sérgio Moro, foi aprovado na Câmara e agora segue para o Senado. Neste projeto existe a previsão de alteração de questões com relação aos crimes contra honra praticados nas redes sociais (internet). Projeto […]Leia Mais

Gugu ganha mais de 1 milhão de seguidores após sua morte. Como fica a herança digital?

Gugu ganha mais de 1 milhão de seguidores após sua morte. Como fica a herança digital? Após o falecimento do Gugu Liberato, seu Instagram, que contava com 1,908,277 de seguidores em 21/11, ultrapassou mais de 3 milhões de seguidores, crescendo mais de 1 milhão de seguidores nestes dias após seu falecimento. Existem duas correntes com […]Leia Mais

Em tempos de cibercrimes

Em tempos de cibercrimes Recentemente foram noticiados dois casos de grande repercussão envolvendo investigações de cibercrimes. O suposto crime de vazamento de foto de nudez de terceiro, pelo jogador Neymar, e a suspeita de invasões de celulares e aplicativos de agentes públicos ligados à Operação Lava Jato. É fato que vários crimes estão migrando para […]Leia Mais

Fake News na internet

Fake News na internet O vídeo que circulou nas redes sociais, com o título “Denúncia: Deputado marca presença de colegas ausentes”, que retratava um suposto deputado relacionando a presença dos colegas faltosos em uma sessão na Câmara Federal, é verdadeiro? A atriz Paolla Oliveira teve um vídeo seu, com conteúdo pornográfico, vazado recentemente? A notícia […]Leia Mais

Autoridade Nacional de Proteção de Dados

Autoridade Nacional de Proteção de Dados A Lei Federal nº 13.853/2019 foi recentemente sancionada pelo Presidente da República, estabelecendo as previsões necessárias para se criar a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), a qual deve começar a atuar em 2020, após a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A […]Leia Mais

Projeto de lei que criminaliza os jogos violentos é um retrocesso faraônico

Projeto de lei que criminaliza os jogos violentos é um retrocesso faraônico Um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados pretende criminalizar o desenvolvimento e a venda de jogos considerados violentos no Brasil. O autor, Deputado Federal Júnior Bozzella (PSL-SP), utiliza-se do massacre ocorrido na escola de Suzano para justificar sua proposta. O […]Leia Mais