• 29 de setembro de 2020

Mauro Bastos A. Junior

Experimento de aprisionamento de Stanford e a coletivização de sujeitos no processo penal

Experimento de aprisionamento de Stanford e a coletivização de sujeitos no processo penal Stanford, 1971, o pesquisador Phillip Zimbardo, psicólogo americano da Universidade de Stanford, decide realizar um experimento de uma prisão simulada por duas semanas a fim de avaliar o comportamento dos “guardas” e “detentos” ao longo da simulação. Baseando-se na teoria da desindividualização […]Leia Mais