- Publicidade -

Brasileiro suspeito de armazenar 780 kg de drogas é preso na Argentina

- Publicidade -

Um brasileiro natural do Ceará, investigado por suspeita de ser responsável pelo armazenamento de 780 kg de drogas em um terreno em Fortaleza, foi preso no Sul da Argentina, na cidade de Puerto Madryn, cerca de 25 dias depois de as drogas serem apreendidas. A polícia apurou que o suspeito partiu em fuga por meio de um voo fretado após a apreensão.

- Publicidade -

O delegado da Delegacia de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) responsável pela investigação, Alisson Gomes, destacou o seguinte à imprensa:

De imediato, representamos ao Poder Judiciário pela sua prisão com a difusão vermelha, que é o cadastro desse mandado de prisão para autoridades internacionais através da Interpol (…) O que a gente pode delimitar nesse momento, até pela quantidade de droga apreendida, é que ele não fez esse crime sozinho. A ligação dele com ligações criminosas fica a cargo para os próximos passos das investigações.

O Delegado relatou que apreensão foi possível porque dois seguranças que estavam no terreno em Fortaleza autorizaram a entrada de policiais militares na propriedade. Lá, foram encontrados 18 kg de crack, além de 780kg de maconha.

A PC-CE informou que, na quarta-feira (13/10), iniciou o processo de extradição do suspeito junto às autoridades argentinas para que ele possa prestar depoimento no Brasil.

- Publicidade -

- Publicidade -

Leia também

STJ anula condenação porque TRF3 não examinou prova nova


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais