Noticias

MP age, justiça bate o martelo e Bruno de Luca responderá por omissão de socorro a Kayky Brito

Bruno De Luca: Advogado defende inocência do ator no caso de omissão de socorro

Rodrigo Brocchi, representante jurídico de Bruno De Luca, reforçou que o ator não cometeu o delito de omissão de socorro. O esclarecimento foi feito após a acusação contra De Luca pelo Ministério Público referente ao caso do atropelamento do ator Kayky Brito. O defensor salientou que outras pessoas ajudaram a vítima e seu cliente não causou o acidente e, portanto, não tinha uma obrigação direta de prestar socorro.

O Ministério Público, no entanto, alegou que Bruno foi o único que deixou o local do acidente sem tomar providências para ajudar Brito. A alegação refere-se à ausência de indagações de De Luca sobre as medidas de ajuda que estavam sendo tomadas para atender a vítima.

bruno de luca
Imagem: Pop Line

Leia mais:

21 metralhadoras furtadas do Exército: caso é o maior desvio de armas desde 2019

Família confirma morte de jovem filha de brasileiros que foi sequestrada pelo Hamas

O que levou Bruno De Luca a esta situação?

O pedido acusa o ator Bruno De Luca de demonstrar desinteresse pelo conhecimento das ações tomadas em prol da vítima, enquadrando-o assim no crime preconizado no artigo 135 do Código Penal. Em decorrência do atropelamento, Kayky Brito permaneceu hospitalizado por 27 dias, alguns deles em uma UTI.

O promotor Márcio Almeida Ribeiro da Silva pleiteou a intimação de Brito para que ele pudesse se posicionar sobre a continuação da investigação do condutor do veículo, Diones Coelho da Silva, por suposta lesão corporal culposa. A juíza Simone Cavalieri Frota, do 9º Juizado Especial Criminal, acatou integralmente o pedido do promotor.

Quais as provas apresentadas na investigação?

O inquérito policial revelou que Diones conduzia o veículo dentro do limite de velocidade e estava sóbrio. O vídeo do sinistro evidencia que Brito atravessou a rua correndo, durante a noite e sem usar a faixa de pedestre. O relatório final do 16ª DP (Barra da Tijuca) sugeriu o arquivamento do caso.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento do acidente. O vídeo explicita que o motorista do automóvel tentou desviar, mas sem sucesso. Kayky Brito, com múltiplos traumas pelo corpo, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado primeiramente ao Hospital Municipal Miguel Couto e, posteriormente, transferido para o Copa D’Or, onde finalizou sua recuperação.

Fonte: G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo