Noticias

Você não vai acreditar no que esse Búfalo é capaz de fazer para combater o crime no Marajó

A “Patrulha de Búfalos” chama a atenção e é uma atração turística na área urbana, aproximando a comunidade da PM

Assim como em outras áreas do Pará, o município de Soure também possui policiamento que utiliza motos, viaturas e embarcações para apoiar as operações da Polícia Militar, mas uma característica única do policiamento em Soure, conhecida como a “Patrulha de Búfalos”, chama a atenção. Esse tipo de policiamento é uma atração turística na área urbana e aproxima a comunidade da Polícia Militar. Além disso, é indispensável para se deslocar nos campos alagados que se tornam intransitáveis ​​em certas épocas do ano, seja para patrulhar a pé, de motos ou viaturas.

Leia mais:

Caso Marielle Franco: Maxwell é transferido para presídio federal em Brasília

Revelações explosivas! Delação de Élcio Queiroz expõe conexão entre morte de Marielle Franco e enriquecimento de Ronnie Lessa

canalcienciascriminais.com.br voce nao vai acreditar no que esse bufalo e capaz de fazer para combater o crime no marajo bufalo
Fonte: G1 – Globo

Nessas regiões, é comum que a profundidade da água não permita a navegação de embarcações, mesmo que menores. O 8° Batalhão de Polícia Militar (8° BPM) tem sido responsável pela segurança pública em Soure, Salvaterra, Cachoeira do Arari e Santa Cruz do Arari, no Marajó Oriental, há mais de 30 anos. Essa unidade, que faz parte do Comando de Policiamento Regional XI, investe na capacitação e doma de búfalos, treinando-os para auxiliar nas atividades da Polícia Militar.

Búfalos são utilizados pela PM para garantir a tranquilidade de moradores e turistas

O arquipélago do Marajó abriga o maior rebanho bubalino do Brasil, e esses animais de grande porte, mas dóceis e resistentes, são habilmente utilizados pela Polícia Militar para garantir a tranquilidade de moradores e turistas. Além dos búfalos, a unidade também dispõe de motos, viaturas e embarcações para realizar o patrulhamento tanto em áreas rurais quanto urbanas, sendo estas últimas especialmente importantes para combater o tráfico de drogas, a pirataria, os crimes ambientais e outras atividades ilícitas nos rios da região.

canalcienciascriminais.com.br voce nao vai acreditar no que esse bufalo e capaz de fazer para combater o crime no marajo bufalo 1
Fonte: Flickr

Recentemente, no Rio Tartaruga, em Cachoeira do Arari, uma equipe do 8° BPM que estava em uma embarcação prendeu em flagrante dois homens por crime ambiental. Eles estavam transportando três jacarés da espécie Tinga e um filhote de capivara. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil local e os animais foram entregues à Secretaria de Meio Ambiente do município. A pronta ação da polícia demonstra o comprometimento com a preservação da natureza e a segurança da região.

Fonte: Diário do Pará

Daniele Kopp

Daniele Kopp é formada em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) e Pós-graduada em Direito e Processo Penal pela mesma Universidade. Seu interesse e gosto pelo Direito Criminal vem desde o ingresso no curso de Direito. Por essa razão se especializou na área, através da Pós-Graduação e pesquisas na área das condenações pela Corte Interamericana de Direitos Humanos ao Sistema Carcerário Brasileiro, frente aos Direitos Humanos dos condenados. Atua como servidora na Defensoria Pública do RS.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo