- Publicidade -

Cantora de funk é mantida em cárcere privado por ex-companheiro

- Publicidade -

A cantora de funk Marcelly Almoaya da Silva, de 29 anos, mais conhecida como Mc Marcelly, foi mantida em cárcere privado durante seis dias por seu ex-companheiro. O rapaz foi preso em flagrante no último domingo (02/05).

- Publicidade -

Cantora de funk Marcelly Almoaya da Silva

Após contato do irmão da cantora, a Polícia Militar foi acionada para intervir no caso. Francimar Jorge Cavalcante foi preso no apartamento em que dividia com a vítima que, por sua vez, relatou que o homem não aceitava o fim do relacionamento de 11 anos do casal, bem como ameaçou caso gritasse ou abrisse a porta quando os PMs chegaram ao local.

Nos relatos de Marcelly, o investigado a manteve em cárcere privado por seis dias e, apesar de não agredi-la fisicamente, a vítima relatou diversas agressões psicológicas. Francimar afirmava que sabia o endereço de seus familiares caso ela tentasse alguma coisa, além de ter tomado o celular da mulher durante todo o tempo.

Segundo a cantora, essa não foi a primeira vez que o autuado a agrediu. No dia 18 de abril, o homem teria desferido socos, pontapés, empurrões e chutes contra a vítima após uma discussão. Diante do episódio, Marcelly disse que não queria mais manter o relacionamento conjugal, momento em que Francimar tentou impedir sua saída do apartamento, mas a cantora conseguiu fugir do local.

- Publicidade -

Diante do recente caso, Francimar foi encaminhado a 24ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro e foi autuado em flagrante pelo crime de cárcere privado qualificado. Na delegacia, ele negou que reteve Marcelly contra sua vontade. Outra apuração foi aberta para investigar eventuais ameaças e agressões relatadas pela vítima.

- Publicidade -

O investigado foi encaminhado para a audiência de custódia.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais