- Publicidade -

Casal é preso na Bahia após crime cometido há 20 anos

- Publicidade -

O casal Leandro Silva Troesch e Shirley da Silva Figueiredo foi condenado por crime cometido há 20 (vinte) anos, tendo sido preso na última sexta-feira (19/2). Eles foram condenados pelos delitos de roubo e extorsão mediante sequestro, e tiveram como pena 14 (quatorze) e 09 (nove) anos de reclusão, respectivamente.

- Publicidade -

Crime cometido há 20 anos

Junto ao casal, outros três réus foram condenados: Joel Costa Duarte, Carlos Alberto Gomes de Andrade e Júlio da Silva Santos. Conforme consta dos autos, Joel teria abordado a vítima em maio de 2001 no momento em que ela estacionava o carro em sua residência. Os acusados roubaram o veículo e mantiveram a vítima dentro dele, enquanto efetuavam diversos saques em caixas eletrônicos.

Após, Joel extorquiu a vítima mediante sequestro, levada e mantida em cárcere privado em um motel, sendo posteriormente transferida para uma casa na Praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador. A residência havia sido alugada ao Joel, Leandro e Shirley, tendo a vítima sido liberada após efetuar o pagamento de R$ 35 mil.

Na ação penal, Leandro é apontado como o condutor do veículo e quem efetuou os saques em dinheiro; Shirley, a responsável por recolher o pagamento do resgate.

- Publicidade -

O casal, dono de pousadas de luxo na Bahia, foi preso em sua casa pelos Policiais da Delegacia Territorial de Valença e foram remetidos ao Instituto Médico Legal (IML) para realização do exame de corpo de delito. Ambos devem ser transferidos para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, para o cumprimento da pena.

- Publicidade -

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

Condenada conhecida como “Barbie do crime” se entrega à polícia


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais