Noticias

Chocante! Casal investigado por estupro de vulnerável é encontrado morto com marcas de tiro

Na noite de segunda-feira (12), um homem e uma mulher, ambos com 57 anos e investigados por estupro de vulnerável, foram encontrados mortos em sua residência no bairro Hawai, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte.

A Polícia Militar de Minas Gerais foi chamada após relatos de tiros vindos da casa. Ao chegarem, os policiais encontraram o portão fechado e pularam o muro. Dentro da residência, descobriram os corpos com ferimentos de bala.

Casal planejava estupro contra filha
Reprodução: UOL

Leia mais:

Polícia prende um dos criminosos mais procurados do Brasil; veja quem

Portugal prende ‘maior traficante de Lisboa’ – responsável por logística do tráfico de cocaína entre Brasil e Europa

Vítimas acusadas de estupro

O homem estava no primeiro andar com ferimentos na nuca, enquanto a mulher, no segundo andar, tinha um tiro no peito e outro nas costas. Próximo ao corpo dela, foram achados estojos de munição calibre 480.

O casal estava sob investigação por estupro de vulnerável, acusados em outubro de abusar de crianças. O filho do homem, ao identificar os corpos, contou à polícia que o casal cuidava de três crianças do bairro há cerca de um ano, mas depois foi acusado de abuso. Embora tenham sido levados à delegacia na época, não havia provas suficientes para mantê-los presos.

A Polícia Civil afirmou não ter suspeitos ou linhas definidas sobre o caso. Testemunhas sugeriram dois possíveis suspeitos, mas nenhum foi localizado até agora.

Nenhuma arma foi encontrada na cena, mas uma carta negando o estupro, supostamente escrita pelo casal, foi achada na casa. A investigação sobre a motivação e autoria do duplo homicídio continua em curso.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo