Noticias

Casal missionário envolvido em encontro de feto em estação de esgoto da Canção Nova

Casal missionário choca comunidade

A Polícia Civil desvendou um mistério que envolve missionários da Canção Nova. Na última terça-feira (14), as autoridades identificaram o casal responsável pelo feto encontrado na estação de esgoto da comunidade católica, em Cachoeira Paulista, interior de São Paulo.

O caso que chocou a população local é cercado de mistério, mas a Polícia Civil chegou a conclusão que o casal de missionários é responsável pelo feto.

Missionário
Imagem: Reprodução

Leia mais:

5 ex-agentes da ditatura são denunciados pelo MPF em caso de Carlos Marighella

Vídeo revela estado de embriaguez de motorista de Porsche antes de acidente fatal

Desvendando o enigma:

Durante uma limpeza em uma estação de esgoto, no dia 22 de abril, os funcionários de depararam com um feto, de aproximadamente três meses e enrolado em uma sacola. Assim, diante da situação chocante eles acionaram a Polícia Civil.

Em seguida, as autoridades deram início às investigações e buscaram elucidar quem era os responsáveis pelo descarte do feto. Assim, com um trabalho impecável, a Polícia Civil chegou até o casal de missionários, de 41 anos, e residente na comunidade Canção Nova.

A jornada para a verdade:

Diante da identificação por parte da Polícia Civil, o casal se apresentou na delegacia para prestar esclarecimentos sobre o caso. Conforme depoimento dos missionários, o feto era de um aborto espontâneo e não houve a intenção de abandono.

Já a Canção Nova emitiu uma nota oficial que reforça a declaração do casal, sobre o aborto espontâneo. Por outro lado, o caso chocou a comunidade local e mobilizou as autoridades para a resolução. Mesmo com a natureza trágica, a investigação esclareceu os fatos e revelou o aborto espontâneo, tema que ainda é rodeado de tabus.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo