- Publicidade -

Caso Lázaro: homem se passa por policial federal e é preso

- Publicidade -

O caso envolvendo a busca de Lázaro, suspeito da prática de homicídios em Goiás, já dura 14 (quatorze) dias e ganhou novos contornos com a prisão de um homem que se passou por policial federal para, desse modo, participar das buscas.

- Publicidade -

Caso Lázaro

De acordo com as informações, o indivíduo compareceu ao local das operações, afirmando ser policial federal e disse estar apressado para se reunir com a sua equipe.

Além dessa questão, ele chegou a dar ordens para que policiais militares atuassem em uma abordagem a um suposto homem bêbado, que estaria armado em uma propriedade rural, o que foi acatado pelos policiais.

Após tais fatos, quando retornou para a base de apoio, os policiais foram informados de que ele não pertencia aos quadros funcionais da polícia.

- Publicidade -

- Publicidade -

Diante disso, integrantes da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal realizaram a prisão do falso policial na BR-070, na cidade de Cocalzinho de Goiás (GO).

A prisão foi em flagrante, sob a imputação da prática dos crimes de falsidade ideológica e usurpação da função pública.


Clique AQUI para experimentar o nosso banco de jurisprudência defensiva


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook, no Instagram e no Twitter.

- Publicidade -

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais