- Publicidade -

Chefe de milícia do RJ, considerado muito perigoso, é preso na Paraíba

- Publicidade -

Um homem suspeito de integrar uma milícia da cidade do Rio de Janeiro foi preso em uma casa de luxo na Paraíba, nesta semana. Ele é apontado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro como um dos chefes da Milícia da Gardênia Azul e autor de diversas “execuções” na Zona Oeste carioca.

- Publicidade -

Ele também é suspeito de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle.

Em nota, a Policia Civil da Paraíba informou prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), no município de Queimadas/PB.

De acordo com o delegado Diego Beltrão, as investigações apontaram que o homem cometeu um assassinato no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho, provável motivo pelo qual ele fugiu para a Paraíba. O delegado declarou ainda que:

“Parte dos milicianos ligados ao homem capturado em Queimadas hoje foi presa em operações policiais naquele estado. Mas ele, que é um dos chefes desse grupo, conseguiu escapar dessas investidas. Trata-se de um criminoso muito perigoso, com indícios fortes de que estava traficando drogas e planejando ataques a instituições financeiras no nosso estado”

- Publicidade -

A nota da Polícia Civil da Paraíba esclareceu, ainda, que autoridades policiais do Rio de Janeiro já tomaram conhecimento da prisão e confirmaram que se trata de um dos chefes de milícia mais procurados do Rio de Janeiro e um homem perigoso.

- Publicidade -

O suspeito capturado em Queimadas será levado sob escolta policial até o Rio de Janeiro, onde deverá responder pelos seus crimes.

Dos suspeitos envolvidos no assassinato de Marielle, também estão presos e aguardam julgamento o sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, e o ex-PM Élcio Queiroz.

Leia também

TRF4 mantém condenação de acusado de tráfico internacional de armas

- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciário

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais