- Publicidade -

CNJ instaura reclamação disciplinar para apurar conduta do juiz do caso Mariana Ferrer

- Publicidade -

CNJ instaura reclamação disciplinar para apurar conduta do juiz do caso Mariana Ferrer

- Publicidade -

A Corregedoria Nacional de Justiça, órgão vinculado ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), instaurou expediente para apurar a conduta do juiz de Direito Rudson Marcos. A reclamação disciplinar pretende analisar a condução do magistrado durante a audiência no processo criminal movido contra André de Camargo Aranha, no caso Mariana Ferrer.

Na reclamação, que tramita sob o nº 0009128-73.2020.2.00.0000, a Corregedoria Nacional de Justiça requisitou informações à Corregedoria-Geral do TJSC, para verificar se o magistrado já praticou conduta similar em outros processos.

A verificação sobre a conduta do magistrado em Santa Catarina será acompanhada pela Comissão Permanente de Políticas de Prevenção às Vítimas de Violências, Testemunhas e de Vulneráveis do CNJ, composta pelas conselheiras Maria Cristiana Ziouva e Ivana Farina e pelo conselheiro Marcos Vinícius Jardim.

- Publicidade -

Leia mais: 

- Publicidade -

Em vídeo, especialista analisa o caso Mariana Ferrer


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Então, siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais