Noticias

Crime organizado tentou extorquir empreiteira em R$ 500 mil para liberar obra da prefeitura do Rio

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, por meio de seu perfil na rede social X (antigo Twitter), denunciou a ação do crime organizado que vem extorquindo a empreiteira responsável pelas obras do Parque Piedade, na Zona Norte da cidade. De acordo com Paes, os criminosos exigiram o pagamento de R$ 500 mil a empresa. Caso não seja efetuado o pagamento, eles ameaçam paralisar as obras.

Paes escreveu na publicação que a exigência feita pelo crime organizado não será aceita. Além disso, o prefeito do Rio ainda mencionou os perfis oficiais da Polícia Federal (PF) e do secretário-executivo do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Ricardo Capelli, para estarem cientes do ocorrido.

Crime organizado tentou extorquir empreiteira em R$ 500 mil para liberar obra da prefeitura do Rio
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Leia mais:

Mulher é presa por ameaça de ataque terrorista ao STF; confira os detalhes

Julgamento da antiga cúpula da PM-DF por inércia no 8 de janeiro ganha data; confira

Publicação de Paes sobre o caso de extorção do crime organizado

“Atenção @policiafederal @RicardoCappelli recebi agora informações de que o crime organizado está pedindo dinheiro para a empreiteira responsável pelas obras do Parque Piedade aonde funcionava a antiga faculdade Gama Filho. Ameaçam paralisar as obras caso o pagamento não aconteça. Obviamente não vamos aceitar. Maiores informações com o secretário de Ordem Pública delegado @BrennoCarnevale ! Valor da obra é de 65Milhões e eles estão pedindo 500mil. Pedido foi feito direto à empreiteira. @BrennoCarnevale informa com detalhes!” postou o prefeito.

O secretário Ricardo Capelli, mencionado na publicação, informou que ainda não foi comunicado oficialmente sobre o caso pelo prefeito do Rio.

Local das obras estava abandonado

Em setembro de 2023, a prefeitura do Rio de Janeiro deu início às obras no Parque Piedade, quando dois prédios pertencentes ao antigo Colégio Piedade foram demolidos. Os edifícios estavam dentro da área de cerca de 18 mil metros quadrados, onde ficava o campus da Universidade Gama Filho.

O local estava abandonado desde 2014, com a falência da instituição privada de ensino. A promessa da prefeitura é de que o novo parque será inaugurado até o fim do ano que vem a um custo de R$ 58 milhões. Além disso, serão gastos mais R$ 47 milhões com a desapropriação da área, cujo valor está sendo depositado em juízo.

Fonte: EXTRA

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo