ArtigosCriminologia

Criminologias Alternativas: questões atuais e necessárias

A coletânea Criminologias Alternativas começa com esta sentença:

Um livro é formado pelos argumentos de que é feito; são eles que importam.

Organizada pela criminóloga inglesa Pat Carlen e por mim, Leandro Ayres França, a obra reúne 31 (trinta e um) artigos, escritos por grandes pesquisadores de todo o mundo especialmente para esse projeto, que dão testemunho à força, à originalidade e ao poder atual da crítica de todas as criminologias alternativas.

Os autores que contribuíram para o projeto foram selecionados porque têm permanecido atentos às transformações do mundo, desenvolvendo, redefinindo, adaptando e aprimorando conceitos, teorias e ferramentas explicativas.

Nas centenas de páginas, os leitores encontram o peso das leituras das obras criminológicas fundamentais, das inspirações e reflexões de cada um desses autores, da urgência de cada um dos temas, em textos inéditos, instrutivos e contemporâneos. Em resumo, o livro foi produzido para todos os interessados em formas alternativas de compreender a violência e o crime.

O processo de planejamento, escrita, revisões e editoração foi longo. Mas, passados seis meses de sua publicação, os efeitos do livro começam a ser sentidos. Os artigos têm inspirado estudantes, têm sido referenciados em pesquisas acadêmicas, têm provocado críticas.

Recentemente, e esta é a boa notícia, três temas ali compilados apareceram no conteúdo programático do concurso público de ingresso na carreira de Delegado da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul. São questões atuais e necessárias:

  1. Criminologia Cultural – artigo escrito por Jeff Ferrell e Keith Hayward;
  2. Criminologia Feministas – artigo escrito por Kerry Carrington; e
  3. Criminologia Queer – artigo escrito por Clara Masiero.

Como professor, parabenizo o processo seletivo: a Polícia Civil gaúcha também está atenta às exigências do presente e investe em temas complexos. Como organizador do livro, dou-me por satisfeito: os argumentos de que ele é feito realmente importam. Para maiores informações sobre o livro, clique na imagem a seguir:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Leandro Ayres França

Doutor e Mestre em Ciências Criminais. Professor, pesquisador, escritor e tradutor.

ARTIGOS RELACIONADOS

Fechar