- Publicidade -

Depoimento de Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, é divulgado

- Publicidade -

Foram divulgados trechos do depoimento de Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, prestado em 12 de julho na Delegacia Metropolitana de Polícia de Eusébio, no Ceará.

- Publicidade -

Na mesma data, Pamella também entregou à polícia um pen drive com vídeos contendo as agressões que vieram a público por meio das redes sociais.

A vítima, identificada como Pamela Holanda, relatou que seu marido havia lhe agredido, pela manhã, e em instantes anteriores havia tentado lhe matar com uma faca. Diante daquela situação, ela havia corrido para buscar ajuda na casa de uma vizinha e solicitou que ligassem para a polícia (…) em relação aos vídeos divulgados pela declarante na tarde de ontem na Rede Social Instagram, entregues em Pen Drive na data de hoje, nesta Delegacia, por meio de advogada, tem a informar que estes vídeos foram copiados por sistema de câmera existente num Apartamento do casal que fica no Bairro Passaré, em Fortaleza. Que não recorda exatamente a data, mas lembra que uma das agressões se deu quando a declarante estava acometida de Covid-19, no final do ano passado; Que na data sua filha era recém nascida, acreditando que ela tivesse cerca de um mês e meio de vida. Que uma senhora que aparece nas imagens é mãe da declarante; Que em relação ao outro vídeo, onde há um homem, e no qual a declarante é agredida com um soco nas costas e é derrubada ao solo por Iverson, o homem que aparece nas imagens é Charles, motorista de Iverson (…)”

Pamella também afirmou em seu depoimento, que a babá de sua filha teria sido demitida logo após testemunhar uma das agressões de Ivis.

A ex-mulher do artista, que atualmente está preso preventivamente, afirmou no depoimento que após as agressões daquele dia, Iverson teria voltado para a residência do casal no final da tarde, como se nada tivesse ocorrido entre eles.

- Publicidade -

Pamella relatou, ainda, que:

- Publicidade -

No dia 02.07.2021, o acusado desceu à cozinha para tomar o café da manhã. Em seguida, também desceu. Assim, enquanto estava na porta de entrada da casa com sua filha, esperando a saída de IVERSON, para que pudesse preparar o leite da criança, começou a ouvi-lo, em conversa com a Sra VANEIDE, governanta, o qual falava sobre a briga do dia anterior. Nesse contexto, aduz que foi até à Sra. VANEIDE e mostrou as lesões, em seu corpo, bem como o hematoma no olho esquerdo, onde desferiu um soco no balcão, advertindo o agressor: ‘VOCÊ VAI ACABAR SENDO PRESO’. Nesse instante, o delatado abriu a gaveta do móvel da cozinha, pegou uma faca de mesa, mas, foi contido por VANEIDE, a qual segurou sua mão.

De acordo com o Superior Tribunal de Justiça (STJ), os depoimentos seriam “firmes, coerentes e em harmonia com as demais circunstâncias que envolveram os fatos”.

Leia também

Sessões do Júri são transmitidas via canal de vara criminal do TJMS

- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais