- Publicidade -

DJ Ivis vira réu pelas agressões cometidas contra ex-mulher

- Publicidade -

DJ Ivis completou um mês de detenção no último sábado (14). Ele está preso preventivamente pelas agressões registradas em vídeo e denunciadas pela ex-mulher, no início de julho. Todos os pedidos de liminar em habeas corpus impetrados em favor de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, foram rejeitados.

- Publicidade -

Hoje, segunda-feira (16), o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) informou que a denúncia do Ministério Público do Ceará contra o artista foi aceita, tornando-o réu pelas agressões cometidas contra a ex-mulher Pamella Holanda.

Até então, Iverson só havia sido indiciado pela Polícia Civil do Ceará. Ele está detido em uma área de triagem no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo informações concedidas pela Secretaria da Administração Penitenciária do Ceará (SAP), para que seja garantida a integridade física do DJ – tendo em vista a grande repercussão do caso – ele foi colocado uma situação especial de segurança.

Em nota, o TJCE afirmou que “a denúncia, ofertada pelo Ministério Público, já foi recebida pela Justiça estadual, que determinou a citação do acusado”.

- Publicidade -

- Publicidade -

O processo tramita em segredo de justiça na Vara Única Criminal de Eusébio.

Leia também

Operação Ateliê: Polícia Federal investiga tráfico de influência na OAB/SP

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

- Publicidade -

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais