- Publicidade -

DPU manifesta preocupação com portaria que autoriza deportação de “pessoas perigosas”

- Publicidade -

DPU manifesta preocupação com portaria que autoriza deportação de “pessoas perigosas”

- Publicidade -

O grupo de trabalho Migrações, Apatridia e Refúgio da Defensoria Pública da União (DPU) publicou uma nota técnica sobre a recente portaria 666/19, do ministério da Justiça. No documento, o grupo manifestou preocupação com a portaria assinada pelo ministro da Justiça Sergio Moro, que autoriza a deportação sumária de “pessoas perigosas para o Brasil”.

De acordo com o grupo, a portaria viola o devido processo legal e o exercício da ampla defesa, além de adotar uma compreensão do fenômeno migratório baseada no paradigma da ameaça à segurança nacional. Conforme a nota, a portaria também cria situações de potencial violação de direitos humanos de imigrantes, contrariando a Constituição Federal, a Lei de Migração (13.445/17) e Lei do Refúgio (9.474/97).

Clique AQUI para conferir a íntegra da nota técnica.

- Publicidade -

Leia também:

- Publicidade -


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais