- Publicidade -

Em um mês, 3 advogados foram mortos na linha entre Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero

- Publicidade -

Três advogados foram executados, nos últimos 31 dias, na linha internacional formada pelas cidades de Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Dois eram paraguaios e um brasileiro. Elzo Renato Teles Garcete é a mais recente vítima do crime organizado. Ele foi executado a tiros em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande (MS).

- Publicidade -

O advogado Elzo Renato Teles Garcete

O crime teria sido praticado por dois pistoleiros, que estariam em um Corsa branco. O advogado foi morto em um gramado, próximo a uma rua de terra. Ele tinha cliente em vários estados brasileiros e atuava principalmente em ações trabalhistas. As outras vítimas, além do brasileiro executado nesta segunda (01), foram mortas desde 30 de setembro.


Leia também

- Publicidade -

STJ: é inviável o agravo regimental que não impugna especificamente os fundamentos da decisão agravada


- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais