Noticias

Entenda como funcionarão as Comissões de Estudos do Canal Ciências Criminais

Canal Ciências Criminais

Por Redação

Com a missão de promover a constante atualização do saber aos estudantes de direito, juristas, atores judiciários e demais interessados, o Canal Ciências Criminais estará criando, nas próximas semanas, Comissões de Estudos. Entenda a seguir como funcionarão as comissões:

1) As comissões serão dividas em permanentes (integrantes da estrutura do canal) e especiais (criadas para investigar temas específicos).

2) Cada comissão terá um Coordenador, a quem caberá organizar a metodologia de trabalho dos estudos e da pesquisa;

3) O Coordenador contará com 2 (dois) Secretários para auxiliá-lo na gestão da Comissão;

4) Cada leitor poderá participar de até 2 (duas) Comissões;

5) O ingresso nas Comissões de Estudos será realizado mediante solicitação via e-mail;

6) Os endereços eletrônicos de cada Comissão serão criados nas próximas semanas e devidamente informados;

7) No decorrer de cada semestre letivo, os membros das Comissão se reunião, pessoal e/ou eletronicamente, com o objetivo de desenvolver estudos e pesquisas sobre os temas previamente definidos;

8) O conteúdo produzido ao longo de cada semestre será organizado e compilado pelos Coordenadores, para fins de viabilizar a publicação com o selo da Editora Canal Ciências Criminais, com lançamento em 2016;

9) Maiores informações sobre a sistemática de cada comissão serão posteriormente informadas.

Conheça algumas das Comissões de Estudos:

02 - COMISSOES-per
Comissão Permanente de Estudos de Criminologia

02.1 - CPEC

Comissão Permanente de Estudos de Direito Penal

02.2 - CPEDP

Comissão Permanente de Estudos de Processo Penal

02.3 - CPEPP

03 -COMISSOES-esp
Comissão Especial de Estudos de Crimes Digitais

03.1 - CEECD

Comissão Especial de Estudos de Lavagem de Dinheiro

033 - CEELD

Autor
O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.
    Continue lendo
    Receba novidades em seu e-mail