Entrevistas

Entrevista com Gisele Kronhardt Scheffer

gisele

Para inaugurar a série de entrevistas da VOX, a nova plataforma de conteúdo online do Canal Ciências Criminais, recebemos a médica veterinária Gisele Kronhardt Scheffer. Na conversa, Gisele aborda a importância do Direito Animal no cenário jurídico atual e como a área é vista no mundo acadêmico.

1. Gisele, por que devemos estudar o Direito Animal?

Por ser um campo relativamente novo no Brasil e para que seja possível multiplicar os conceitos abordados (senciência de animais não-humanos, animais como sujeitos de direitos e outros), lutando para que sejam incorporados ao ordenamento jurídico brasileiro.

A proteção aos animais não-humanos no direito brasileiro é antropocêntrica, apesar de termos a vedação à crueldade na Constituição Federal e na Lei de Crimes Ambientais (9.605, de 1998).

2. Há quanto tempo você se dedica a estudar o tema?

Meu interesse pelo tema já existia bem antes de eu cursar a faculdade de Medicina Veterinária. Portanto, no mínimo 14 anos atrás. Mas eu comecei a me dedicar integralmente ao assunto a partir de 2016, quando ingressei no curso de Direito.

3. Você acredita que as faculdades dão atenção ao campo do Direito Animal e suas repercussões criminais?

Certamente que não, pois raras são as instituições no Brasil que oferecem a disciplina Direito Animal e, inclusive, ainda pode ser encontrada certa resistência ao tema dentro do mundo acadêmico.

No Rio Grande do Sul, a Universidade Federal de Santa Maria implantou, em 2017, a disciplina optativa denominada Direito Constitucional dos Animais, o que representa um grande passo. Outro exemplo é no Rio de Janeiro, onde há uma pós-graduação em nível de especialização em Direito Animal.

Deve ser ressaltado que há outra bela iniciativa, que são os grupos de estudo e de pesquisa em Direito Animal, vinculados a faculdades ou universidades. Infelizmente, em nosso país ainda não há mestrados ou doutorados específicos sobre o tema, o que me levou a cursar meu mestrado no exterior.

4. O que os assinantes da VOX poderão aprender assistindo à sua entrevista?

Poderão conhecer este campo, ainda incipiente no Brasil. Espero que, desta forma, cada vez mais pessoas se interessem pelo tema, se engajem, divulguem e desenvolvam pesquisas, já que pesquisas criminológicas dentro do Direito Animal ainda são raras no Brasil.

5. Que mensagem você gostaria de deixar àqueles que vão assistir à entrevista?

Espero que eu consiga acender nas pessoas uma fagulha de conscientização sobre o Direito Animal e que, cada vez mais, esse assunto adquira a importância que deveria ter dentro do ordenamento jurídico brasileiro.


Assista ao teaser da entrevista completa (em vídeo):

Para assinar ou saber mais informações sobre a plataforma VOX, clique AQUI.

Autor

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.
Continue lendo
EntrevistasNoticias

Investigação defensiva: entrevista com Rodrigo Oliveira de Camargo

EntrevistasNoticias

Estudos criminais de Direito Animal: entrevista com Gisele Kronhardt Scheffer

EntrevistasNoticias

Sistema penal e teorias da pena: entrevista com Dévon Defaci

EntrevistasNoticias

Fake news e pornografia da vingança: entrevista com Luiz Augusto Filizzola D'Urso

Receba novidades em seu e-mail