• 10 de dezembro de 2019

Inscrições abertas: Comissão Especial de Estudos de Medidas Alternativas à Prisão (2ª edição)

 Inscrições abertas: Comissão Especial de Estudos de Medidas Alternativas à Prisão (2ª edição)

Inscrições abertas: Comissão Especial de Estudos de Medidas Alternativas à Prisão (2ª edição)

Estão abertas as inscrições para compor a Comissão Especial de Estudos de Medidas Alternativas à Prisão!

Coordenada pelo advogado e pesquisador Pedro Magalhães Ganem, a Comissão tem o objetivo de promover o estudo crítico à utilização da prisão, com foco voltado para as medidas cautelares existentes no sistema processual penal, como o monitoramento eletrônico e a prisão domiciliar, analisar a implementação e a efetividade da Audiência de Custódia, além de abordar teorias relacionadas ao abolicionismo penal e ao direito penal do futuro.

Comissão Especial de Estudos de Medidas Alternativas à Prisão

Os membros da Comissão Especial de Estudos de Medidas Alternativas à Prisão produzirão artigos acadêmicos na área estudada, com a finalidade de, após o término dos estudos, integrar uma publicação inédita sob o selo da Editora Canal Ciências Criminais.

Metodologia

A metodologia adotada consiste na revisão bibliográfica dos temas relacionados ao objeto da Comissão (que serão oportunamente revelados pelo coordenador no primeiro encontro), assim como pesquisa jurisprudencial que demonstre a aplicação prática dos preceitos doutrinários.

Os estudos da Comissão Especial de Estudos de Medidas Alternativas à Prisão pretendem formar uma visão crítica sobre a aplicação da prisão (seja na sua forma cautelar ou como cumprimento de pena), na busca de medidas alternativas viáveis e que efetivamente contribuam para solucionar ou amenizar a caótica situação vivenciada no país

Estudos

Todas as discussões serão realizados por meio virtual, incluindo a formação de um ou mais grupos de WhatsApp, de modo a ampliar a facilitar o contato e o diálogo entre os participantes e o coordenador.


Tem interesse em integrar a Comissão?

Envie seu nome completo, formação acadêmica (com menção de eventual experiência na pesquisa) e telefone (com WhatsApp) para o e-mail cemap@canalcienciascriminais.com.br. Considerando que as vagas são limitadas, o coordenador selecionará, dentre os e-mails recebidos, os membros para integrar a Comissão.

Redação

O Canal Ciências Criminais é um portal jurídico de notícias e artigos voltados à esfera criminal, destinado a promover a atualização do saber aos estudantes de direito, juristas e atores judiciários.