- Publicidade -

Ex-tesoureiro do PT é alvo de operação da Polícia Federal

Na última quinta-feira (11), a Polícia Federal, na operação que investiga o suposto recebimento de propina de empreiteiras, deflagrou uma operação em face de João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT.

- Publicidade -

Operação contra o ex-tesoureiro do PT

Foram cumpridos 05 (cinco) mandados de busca e apreensão em São Paulo, 03 (três) deles na capital e 02 (dois) no município de Pindamonhangaba.

Esta é a 80ª fase da operação Lava Jato e a primeira desde que a força-tarefa de Curitiba foi incorporada ao Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado.

Um dos alvos da operação foi o empresário Cláudio Mente. Ele é investigado por, supostamente, ter recebido R$ 1 milhão de um representante de um estaleiro estrangeiro em 2013, a pedido de Vaccari.

- Publicidade -

O ex-tesoureiro negou todas as acusações e sua defesa publicou uma nota oficial, dizendo:

Nota Pública

A defesa do Sr. João Vaccari Neto, diante da deflagração desta nova fase da operação “Lava Jato”, vem a público esclarecer que o Sr. Vaccari nunca teve qualquer relacionamento com o Sr. Cláudio Mente.

Aliás, o próprio Sr. Cláudio Mente já prestou depoimento e esclareceu sobre isso e sobre a sua movimentação financeira, o que não diz respeito ao Sr. Vaccari.

A afirmação e especulação de que o Sr. Vaccari teria feito um pedido ao Sr. Zwi, do grupo Kepels Fels, para que ele pagasse certa quantia ao Sr. Cláudio Mente não retrata a verdade, pois o Sr. Vaccari jamais fez qualquer solicitação referente a dívida de campanha ou a qualquer outro título sobre esse tema, até porque, nunca cuidou de questões financeiras de campanhas políticas.

Mais uma vez se reitera que o Sr. Vaccari confia na justiça e acredita que a verdade prevalecerá.

São Paulo, 11 de fevereiro de 2021

Prof. Dr. Luiz Flávio Borges D’Urso

Advogado Criminalista

Essa é a 80ª fase da operação Lava-jato e foi a primeira desde que a força tarefa foi incorporada ao Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo (Gaeco).

Leia mais:

STF: dosimetria da pena não pode ser objeto de análise em HC


- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais