- Publicidade -

Falsa enfermeira suspeita de vacinar empresários em BH é solta

- Publicidade -

No último sábado (03/04), o Tribunal Regional Federal (TRF-1) concedeu liberdade provisória à cuidadora de idosos Cláudia Mônica Pinheiro Torres, que passava por enfermeira e é suspeita de vacinar empresários do setor de transporte em Belo Horizonte.

- Publicidade -

Falsa enfermeira suspeita de vacinar empresários

A investigada havia sido presa pela Polícia Federal na última quarta-feira (30/03) e ficou detida na penitenciária Estevão Pinto. A ordem que concedeu a liberdade provisória da mulher foi proferida pela desembargadora Ângela Catão em sede de Habeas Corpus.

Segundo a investigação, a falsa enfermeira vacinou pelo menos 57 pessoas, dentre elas os empresários Robson Lessa e Rômulo Lessa, que organizaram a vacinação contra a Covid-19 em uma garagem da família Lessa.

No entanto, o delegado responsável por uma linha do caso, Rodrigo Morais Fernandes, apontou que os indícios colhidos nas operações indicam que os imunizantes aplicados eram falsos:

- Publicidade -

Pelos indícios do material que foi identificado, tudo indica que seja material falso, desvio de imunizantes pelo Ministério da Saúde; e fraude.

A Polícia Federal também apreendeu diversas seringas de 3ml na casa da autuada, indicadas para uso na vacinação contra a Covid-19, além de um material periciado que na verdade se trata de soro fisiológico. Do que foi apreendido, não havia nenhum indício de imunizantes contra a doença.

- Publicidade -

Rômulo e Robson Lessa, donos da empresa de transportes Saritur, já admitiram a compra ilegal das vacinas à Polícia Federal, indicando que o valor cobrado pelas duas aplicações foi de R$ 600.

Diversos mandados de busca e apreensão foram expedidos e, na garagem onde teria ocorrido a vacinação clandestina, foram encontrados e apreendidos aparelhos celulares, computadores e documentos, dentre eles, uma lista contendo o nome de 57 pessoas que teriam sido vacinadas.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

- Publicidade -

Leia mais:

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais