- Publicidade -

Falso promotor usava ‘distintivo’ da OAB para extorquir vítimas no RJ

- Publicidade -

Na última sexta-feira (10), policiais da 74ª DP prenderam, em flagrante, um homem  que se passava por promotor de justiça para extorquir terceiros no bairro Alcântara em São Gonçalo (RJ).

- Publicidade -

Em um primeiro momento, quando abordado por policiais, o suspeito afirmou ser promotor de justiça, posteriormente retificando a informação, afirmando ser, na verdade, advogado.

Curiosamente, o homem portava consigo um suposto documento de identificação funcional do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPERJ), bem como, um objeto em formato de distintivo com os símbolos da OAB e a palavra “advogado”. 

Os policiais questionaram ao homem sobre o seu número de inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil, porém ele não soube responder. Além dos falsos documentos apresentados, o suspeito também portava um simulacro de arma de fogo. Enquanto conduzido pelos policiais até a delegacia, o homem permaneceu em silêncio.

Segundo o relato de uma das vítimas do suspeito, ele o teria abordado em seu estabelecimento comercial, apresentando-se como promotor de justiça, afirmando ter informações de seu processo judicial – no qual tenta o reingresso à Polícia Militar. 

- Publicidade -

O suspeito ainda afirmou ao comerciante que no referido processo haviam muitas “falhas jurídicas”, oferecendo em seguida ajuda com o caso, pois seria, além de promotor, dono de uma banca de advocacia. A vítima e o suposto promotor e advogado ajustaram um pagamento de R$ 3 mil pela “ajuda”.

- Publicidade -

Pouco tempo depois, o acusado retornou ao estabelecimento, solicitando o pagamento de mais R$ 3 mil, afirmando que, caso o pagamento não fosse realizado, o tudo seria perdido. Na data marcada para o encontro com o falso promotor e respectivo segundo pagamento, a vítima primeiro passou na 74ª DP.

Leia também

TJSC: preso com ecstasy permanecerá na prisão, mesmo com COVID-19

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais