Noticias

Família de brasileira presa na Tailândia segue sem notícias sobre a jovem

Mary Hellen Silva, de 21 anos, foi detida com outros dois homens ao desembarcar no aeroporto de Bangkok portando 5,5 kg de cocaína. A família da brasileira informou que soube da prisão pela própria jovem, por meio de mensagem, mas que segue atualmente sem notícias e teme que ela possa ser condenada à prisão perpétua ou pena de morte.

Segundo a irmã da jovem, ela enviou um áudio por aplicativo de mensagem informando que havia sido presa e pedindo para que a família entrasse em contato com a embaixada brasileira na Tailândia. A irmã disse que não sabia de nada e que achava que Mary Hellen estava viajando para Curitiba:

No domingo passado, ela fez contato comigo. Mandou um áudio desesperada falando que tinha sido presa na Tailândia. Pediu para eu ajudá-la de alguma forma a entrar em contato com a embaixada brasileira. Pra mim, ela estava viajando para Curitiba atrás de algum namorado, estas coisas que os jovens fazem.

A família informou ainda que, desde a mensagem da jovem, nunca mais teve notícias, e que nenhuma das autoridades passou alguma informação até o momento. Os familiares acreditam que Mary não sabia que estava cometendo um crime e que alguém a induziu:

A gente quer uma notícia dela, saber como ela está sendo tratada lá. Acho que a família tinha direito de pelo menos saber como ela está. Imagina a gente aqui, uma semana, sem saber o que aconteceu. A gente não sabe nada. Esse crime gravíssimo, e às vezes ela não tinha nem consciência do que estava acontecendo. Eu acho que ela não sabia de nada disso, pra mim ela foi enganada, induzida

Segundo o Itamaraty, a embaixada brasileira de Bangkok está acompanhando a situação dos brasileiros e dando todo o apoio com as autoridades locais.

Leia também

TJ-SP absolve condenado com base em reconhecimento de guardas


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo