NoticiasDireito Penal

Com filho procurado pelo CV e PCC, pai de ‘Engomadinho’ do bitcoin teme tragédia na família

A família de Diniz está sendo pressionada por clientes que perderam seus investimento

Após realizar uma fraude milionária no mercado de criptomoedas, Gustavo de Macedo Diniz, o principal executivo da plataforma financeira Bybot, também conhecido como “Engomadinho do Bitcoin”, desapareceu. Ele teria fugido para a Ásia e embolsado pelo menos R$ 70 milhões dos investidores. A família de Diniz, que antes tinha origens modestas, agora está sendo pressionada por clientes que perderam seus investimentos. Um áudio revela um investidor ligando para o pai de Gustavo Diniz, que ainda vive em Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo.

canalcienciascriminais.com.br com filho procurado pelo cv e pcc pai de engomadinho do bitcoin teme tragedia na familia engomadinho
Fonte: Record TV

Leia mais:

Caso Mauro Cid: defesa pede liberdade provisória de ex-ajudante de Bolsonaro

Ator Danny Masterson é condenado a 30 anos de prisão por estupro

O investidor compartilha a perda de seu investimento, que representava o valor total da venda de uma casa. O pai de Engomadinho, depois de tomar conhecimento das fraudes, nega qualquer envolvimento dos familiares com as atividades fraudulentas do filho e expressa o desejo de que ele seja encontrado e preso. Ele revela que são os avós que cuidam do filho do golpista, pois Gustavo pouco se envolvia na vida da criança. Após se sentir intimidado, o pai de Engomadinho diz que os crimes do filho podem respingar em sua família e “vai ser uma tragédia”.

‘Engomadinho’ costumava viajar pelo mundo desfrutando do sucesso financeiro

O CEO da Bybot apagou suas redes sociais, canais de comunicação e bloqueou saques da plataforma desde 25 de agosto. Antes, ele era ativo nas redes sociais e promovia a plataforma como segura e legal. A Bybot se destacava na arbitragem de criptoativos, um método que envolve comprar ativos a preços baixos e vendê-los em plataformas que oferecem preços mais altos, com o lucro indo para o investidor. Gustavo Diniz costumava viajar pelo mundo desfrutando do sucesso financeiro, enquanto sua família levava uma vida simples em Mogi das Cruzes, São Paulo.

canalcienciascriminais.com.br com filho procurado pelo cv e pcc pai de engomadinho do bitcoin teme tragedia na familia engomadinho
Fonte: Metrópoles

Ele publicava fotos em resorts de luxo, estações de esqui e praias paradisíacas antes de desaparecer completamente. Um empresário do Distrito Federal que perdeu 15 mil dólares relata que o golpe ocorreu de forma súbita, quando todos esperavam uma suposta manutenção na plataforma. Assim que a Bybot saiu do ar, o “Engomadinho” nunca mais foi visto, levantando suspeitas de que ele possa ter se refugiado na Tailândia, onde supostamente tinha um braço operacional da plataforma. As pessoas que perderam grandes quantias estão em busca dele.

Fonte: Metrópoles

Daniele Kopp

Daniele Kopp é formada em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) e Pós-graduada em Direito e Processo Penal pela mesma Universidade. Seu interesse e gosto pelo Direito Criminal vem desde o ingresso no curso de Direito. Por essa razão se especializou na área, através da Pós-Graduação e pesquisas na área das condenações pela Corte Interamericana de Direitos Humanos ao Sistema Carcerário Brasileiro, frente aos Direitos Humanos dos condenados. Atua como servidora na Defensoria Pública do RS.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo