Noticias

Fiscais argentinos interceptam R$ 345 mil escondidos em carro na Ponte Internacional

Fiscais argentinos apreendem quase R$ 345 mil reais em dinheiro 

Na tarde de quinta-feira (15), agentes da Administração Federal de Ingressos Públicos (AFIP) da Argentina, equivalente à Receita Federal do Brasil, realizaram uma abordagem de rotina na Ponte Tancredo Neves que resultou na apreensão de quase R$ 345 mil reais em dinheiro. O dinheiro estava em posse de um cidadão argentino retorno de Foz do Iguaçu para Puerto Iguazú. A soma era composta, principalmente, por cédulas de R$ 50, R$ 100 e R$ 200.

"Fiscais argentinos interceptam R$ 345 mil escondidos em carro na Ponte Internacional"
Imagem: Reprodução

Leia mais:

Investigação aponta ligação de Deolane Bezerra com traficante foragido em baile no Rio

Ex-assessor presidencial Filipe Martins busca liberdade em meio a acusações de golpe e racismo

O flagrante ocorre durante abordagem de rotina dos fiscais

Na ocasião, os fiscais desconfiaram das respostas do sujeito ao ser indagado sobre os motivos de ter vindo à Foz do Iguaçu. O cidadão alegou que tinha vindo para levar o sogro ao aeroporto do lado brasileiro. Diante das inconsistências nas respostas e do nervosismo do indivíduo, os agentes realizaram uma inspeção mais detalhada no veículo.

Ocultação de dinheiro próximo ao motor do veículo

Durante a inspeção, os fiscais detectaram volumes suspeitos próximos ao motor do automóvel. O que inicialmente parecia ser somente volumes estranhos, resultou na descoberta de maços de dinheiro cuidadosamente ocultos. No total, a quantia apreendida foi de R$ 343.446 em notas de reais e mais P$ 280 mil pesos argentinos, que correspondem a cerca de R$ 1,2 mil na cotação atual.

Consequências para o infrator

Apesar da situação, o condutor foi liberado e responderá pelo delito de tentativa de evasão de divisas em liberdade. Entretanto, todo o dinheiro foi apreendido, bem como seu veículo e o celular. Todo o material foi encaminhado à sede da Justiça Federal da Argentina na cidade de Eldorado para as devidas providências legais. A investigação do caso ficará a cargo da justiça argentina.

Finalizando, essa apreensão destaca a importância do trabalho de fiscalização nas fronteiras para evitar crimes de evasão de divisas e lavagem de dinheiro. Evidencia, também, a cooperação internacional entre os órgãos de fiscalização do Brasil e da Argentina no combate a esses tipos de crimes.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo