- Publicidade -

Fux diz que egressos são seres humanos e devem ter dignidade

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luiz Fux, no lançamento do aplicativo Escritório Virtual (ESVirtual), do Escritório Social, afirmou que egressos dos presídios são seres humanos e devem ter dignidade.

- Publicidade -

Egressos são seres humanos

Segundo o ministro:

Rogo a Deus que continuemos podendo seguir na defesa dos direitos fundamentais, de todas as pessoas. Ninguém pode ficar para trás. O CNJ e o Judiciário não se furtarão a essa obrigação. Acima de tudo porque os egressos das penitenciárias são seres humanos e devemos lutar pela dignidade de todos os homens. Essa dignidade que foi obtida por meio de lutas e barricadas, na vitória contra o nazifascismo.

Vale destacar que aplicativo Escritório Social Virtual foi criado por meio de uma parceria realizada entre

- Publicidade -

o CNJ, a Universidade de Brasília (UnB), a Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), por meio de acordo com o governo do Distrito Federal.

Inclusive, desde 2019, o CNJ e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) firmaram parceria com o objetivo de contribuir para a superação dos desafios existentes na questão relativa à privação de liberdade, que é, atualmente, o programa Fazendo Justiça.

De acordo com o ministro Fux, as políticas adotadas pelo CNJ serão importantes para ajudar na redução da estigmatização dos egressos do sistema prisional e todas as dificuldades decorrentes da prisão. O ministro completou, afirmando que:

A Justiça é a ponte por onde passam todas as misérias e aberrações. Temos exemplos de egressos que criaram as casas onde funcionam os escritórios sociais. Ajudá-los nesse retorno é o que eles precisam para se reabilitarem moralmente, recuperarem sua humanidade.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

- Publicidade -

Leia mais:

Saiba como aumentar a chance de revogar uma prisão


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais