Noticias

Fux se compromete a cobrar rapidez do júri sobre Marielle Franco

Durante a reunião do Observatório dos Direitos Humanos do Poder Judiciário, realizada na última terça-feira (23/03), o ministro Luiz Fux do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), afirmou que irá cobrar rapidez na formação do Tribunal do Júri sobre Marielle Franco.

Sobre Marielle Franco

Dizendo que o CNJ prestará seu empenho para a resolução do caso, também apontou:

O Conselho Nacional de Justiça cobrará a realização bastante célere do júri para que apure todos os fatores que influenciaram esse flagelo que ocorreu na política brasileira, que foi o assassinato brutal de Marielle Franco.

Com a apresentação da viúva de Marielle, Monica Benício, atual vereadora do Rio de Janeiro (RJ), foi exposta a situação do caso que envolve o assassinato da ex-parlamentar e de seu motorista, Anderson Gomes. Monica também salientou a importância da celeridade do caso que julgará os réus Ronnie Lessa e Elcio Queiroz, que recorreram de suas pronúncias.

Continuou destacando que a violência e o assassinato como uma estratégia política, ainda são ferramentas usadas por um grupo especial no Brasil, o que evidencia uma preocupação maior do Estado: 

O mundo exige resposta e o Estado brasileiro tem o compromisso de apresentá-la.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Pedro Ganem

Redator do Canal Ciências Criminais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo