- Publicidade -

Gilmar Mendes diz que Lava Jato é a maior crise da Justiça Federal

- Publicidade -

Para o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, a operação Lava Jato é a maior crise da Justiça Federal. O entendimento foi apontado pelo ministro na tarde da última terça-feira (09/03), durante o seu voto no julgamento da suspeição do ex-juiz Sergio Moro nos casos da condenação de Lula.

- Publicidade -

Maior crise da Justiça

Segundo Mendes, Sergio Moro perdeu a parcialidade nas decisões que envolviam a operação Lava Jato. O ministro afirmou que elaborou uma “biografia de um juiz acusador”, apontando que a história atual do Poder Judiciário ficará marcada pela instrumentalização do processo penal que visou um projeto populista de poder político.

Segundo o ministro, se tratam de “coisas por demais impactantes, essa é a maior crise que já se abateu sobre a Justiça Federal”.

Mendes também qualificou Sergio Moro como um

- Publicidade -

juiz subserviente à um ideal feroz de violência às garantias constitucionais do contraditório, da ampla defesa, da presunção de inocência e, principalmente, da dignidade da pessoa humana.

Em continuidade ao seu voto, Mendes também criticou a vara Federal em que atua o juiz Marcelo Bretas:

“cabia tudo na vara de Curitiba, como também nesta vara do RJ, porque também ela se tornou algo espiritual, qualquer coisa tem a ver com a 7ª vara do RJ”.

Ele continua criticando a interceptação telefônica realizada no escritório de advocacia que atuava na defesa do ex-presidente, uma vez que, a medida cautelar serviu como instrumento para Moro monitorar os passos da defesa de Lula, indicando que tal prática é comum apenas em regimes totalitários.

- Publicidade -

Gilmar Mendes finaliza o voto dizendo:

- Publicidade -

é relevantíssimo o combate à corrupção, mas ele há de ser feito nos moldes e dentro dos ditames legais. Não se combate crime cometendo crime.

O julgamento da matéria foi adiado pelo pedido de vista dos autos feito pelo ministro Nunes Marques, o qual terá o voto decisivo para desempatar a votação que segue em 2 votos a 2.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


- Publicidade -

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais