- Publicidade -

Gilmar Mendes é criticado pela AJUFE pelo voto no caso da suspeição de Moro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes foi criticado pela AJUFE (Associação dos Juízes Federais do Brasil) pelo voto no caso da suspeição do ex-juiz Sergio Moro, nas ações envolvendo o ex-presidente Lula. Segundo o ministro, o que é falado da 7ª Vara Federal é de “corar frade de pedra, alegando não saber como um escândalo ainda não veio à tona”.

- Publicidade -

Marcelo Bretas é o juiz titular da 7ª Vara Federal no Rio de Janeiro há mais de 06 (seis) anos, e também é coordenador da operação Lava Jato no RJ.

Criticado pela AJUFE

Diante da fala do ministro, a AJUFE divulgou uma nota sem nenhuma assinatura, apenas com a logomarca da entidade, criticando a maneira “genérica e agressiva” pela qual Gilmar Mendes havia se referido às atividades desempenhadas pela operação.

Leia a Nota:

- Publicidade -

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) reitera seu compromisso com a defesa intransigente da independência judicial e do livre convencimento dos magistrados em todas as suas decisões. Eventuais equívocos ocorridos durante a tramitação de qualquer processo judicial podem ser resolvidos por meio do sistema recursal vigente

Portanto, é inadmissível que a instituição Justiça Federal seja atacada de forma genérica e agressiva por qualquer pessoa, sobretudo por um Ministro do Supremo Tribunal Federal em uma sessão de julgamento da corte. Nosso trabalho é reconhecido e respeitado por toda a sociedade brasileira pela seriedade, eficiência e correção.

A Ajufe também não concorda com ilações desprovidas de qualquer elemento de prova contra Juízes Federais que atuam em outros processos, estranhos ao que estava sendo analisado pela 2ª Turma da Suprema Corte. Desferir críticas infundadas somente afrontam o equilíbrio das instituições e atentam contra a segurança jurídica.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

- Publicidade -

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais