• 23 de outubro de 2020

Grande quantidade de fake news sobre o coronavírus preocupa

 Grande quantidade de fake news sobre o coronavírus preocupa

Grande quantidade de fake news sobre o coronavírus preocupa

A crescente quantidade de notícias falsas sobre o coronavírus é grave, pois pode causar alarde, especulações e até desordem.

Hoje temos voz e vez nas redes sociais, modificando nosso papel em sociedade e, principalmente, nossa responsabilidade, obrigando-nos, assim, a conferir a informação antes de publicá-la ou compartilhá-la.

Um compartilhamento irresponsável de uma fake news que viraliza pode gerar pânico e caos.

Leia também:

Criminalizar a prática de Fake News é a solução?

Se compartilharmos, com responsabilidade, as notícias divulgadas por fontes confiáveis, conseguiremos combater este problema do coronavírus, com informação e prevenção.

O Ministério da Saúde, também preocupado com esta situação, criou um “Selo de alerta de Fake News”, para marcar as notícias falsas sobre o coronavírus.

Estamos diante de uma emergência mundial de saúde, que reclama a participação responsável de todos também nas redes sociais.


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Luiz Augusto Filizzola D'Urso

Advogado (SP)