Noticias

Homem é condenado por crime de latrocínio contra motorista do 99POP

A Vara Criminal de Sobradinho do TJDFT condenou um homem a vinte e três anos de reclusão, em regime inicial fechado, pelos crimes de latrocínio cometido contra um motorista de aplicativo, além de corrupção de menores e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo informação dos autos, o acusado ofereceu R$ 1.000, 00 (mil reais) a um adolescente para praticar o crime com ele. Em seguida, na noite do dia 1º de dezembro de 2020, o acusado solicitou uma viagem pelo aplicativo 99POP.

O acusado, então, assassinou o motorista do aplicativo com tiros na região da cabeça, apenas com o fim de assegurar a subtração do veículo e demais pertences da vítima.

O réu foi denunciado e condenado pelas infrações descritas no artigo 157, § 3°, inciso II, do Código Penal (latrocínio), artigo 244-B, § 2º, da Lei nº 8.069/90, e artigo 14, caput, da Lei nº 10.826/03.

De acordo com a sentença, a conduta criminosa do réu demonstrou desenvoltura, somando a um sentimento de intrepidez e impunidade.

Ainda cabe recurso contra a sentença.

Leia também

TJDFT: dono de clínica de exames é condenado por laudos fraudulentos

Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

Priscila Gonzalez Cuozzo

Priscila Gonzalez Cuozzo é graduada em Direito pela PUC-Rio, especialista em Direito Penal e Criminologia pelo ICPC e em Psicologia pela Yadaim. Advogada e Consultora Jurídica atuante nas áreas de Direito Administrativo, Tributário e Cível Estratégico em âmbito nacional. Autora de artigo sobre Visual Law em obra coletiva publicada pela editora Revista dos Tribunais, é também membro do capítulo brasiliense do Legal Hackers, comunidade de inovação jurídica.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo