- Publicidade -

Homem é preso em flagrante após publicação no Twitter sobre Bolsonaro

- Publicidade -

Após ter feito uma postagem no Twitter sobre a ida de Jair Bolsonaro à Uberlândia, homem é preso em flagrante pela Polícia Militar. João Reginaldo da Silva Júnior, em sua conta na rede social, fez a seguinte postagem: “Gente, Bolsonaro em Udia amanhã… Alguém fecha virar herói nacional?”. Diante de tal conteúdo, a Polícia Militar da cidade entendeu que João incitou a prática de crime contra a segurança nacional, motivo pelo qual realizou a prisão.

- Publicidade -

Homem é preso em flagrante

De acordo com as informações divulgadas, o serviço de inteligência da Polícia Militar realizava rastreamento nas redes sociais e identificou a postagem. A corporação explicou que constatou conteúdo

com propaganda e incitação à prática de crimes contra a integridade física e a vida do Exmo. Presidente da República Jair Messias Bolsonaro com promessas de que tais ameaças se concretizariam durante a sua passagem nesta cidade de Uberlândia na data de hoje.

Diante de tais fatos, conforme boletim de ocorrência, o autor do post foi localizado em sua casa, tendo confirmado o teor da publicação. Desse modo, João foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal de Uberlândia e, posteriormente, para o Presídio de Uberlândia, tendo sido posto em liberdade após requerimento da defesa.

- Publicidade -

Inclusive, para a defesa de João, em nota pública, “a prisão foi medida indevida, desnecessária e desproporcional”.

Após sua soltura, João se manifestou nas redes sociais, dizendo que:

- Publicidade -

De forma alguma esperava incitar ódio das pessoas com o meu tweet, só tinha feito como brincadeira entre os meus seguidores, que, até o momento, eram apenas amigos próximos.

*Esta notícia não reflete, necessariamente, o posicionamento do Canal Ciências Criminais

Leia mais:

- Publicidade -

Entenda como identificar uma prisão ilegal e como agir diante disso


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais