Noticias

Polícia do RJ abre inquérito para investigar produtora de shows de Taylor Swift no Brasil

Um inquérito policial foi aberto pela Delegacia do Consumidor do Rio de Janeiro (Decon) para investigar as condutas da produtora Time for Fun (T4F) após a morte de Ana Clara Benevides e os relatos de fãs sobre o ocorrido nos shows da Taylor Swift, no Estádio Engenhão.

O órgão irá apurar o crime de perigo para a vida ou saúde. A T4F também foi procurada, mas não retornou até o momento desta publicação.

canalcienciascriminais.com.br policia do rj abre inquerito para investigar produtora de shows de taylor swift no brasil image
Imagem: Reprodução/SBT Interior

Leia mais:

PGR pede cassação do mandato de Gustavo Gayer por racismo e injúria

STF bate o martelo e PF cumpre mandados contra investigados por ‘tentativa de golpe’

Comunicado oficial da PCERJ

Em nota, a Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ) disse que os organizadores dos shows serão chamados para prestar depoimento e “outras diligências estão em andamento para apurar os fatos”. O representante da autoridade disse que investigarão os relatos dos fãs, como a estrutura do local e a disponibilidade de água.

“Após tomar conhecimento de relatos do público presente no evento, a Delegacia do Consumidor (Decon) instaurou inquérito para apurar o crime de perigo para a vida ou saúde. Os organizadores do evento serão chamados para prestar depoimento e outras diligências estão em andamento para apurar os fatos”, diz o comunicado.

Fãs relatam problemas nos shows

Os fãs da cantora se manifestaram nas redes sociais e disseram que o público era proibido de entrar no local com garrafas próprias de água no local dos shows. Os copos eram vendidos por R$ 8 no estádio. Também houve queixas sobre filas, falta de informação e aglomerações.

A jovem de 23 anos, Ana Clara Benevides, morreu após passar mal no primeiro show da cantora na sexta-feira, 17. Ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e um laudo preliminar mostrou que ela teve uma hemorragia pulmonar.

Produtora se manifestou sobre o ocorrido

A T4F, através de comunicado oficial, disse que a jovem foi “prontamente atendida” por equipes médicas e encaminhada para um posto no Nilton Santos.

“É com muita tristeza que informamos o falecimento de Ana Clara Benevides Machado, 23 anos. Na noite de ontem, Ana Clara se sentiu mal e foi prontamente atendida pela equipe de brigadistas e paramédicos, sendo encaminhada ao posto médico do Estádio Nilton Santos para o protocolo de primeiros socorros. Diante do quadro, a equipe médica optou pela transferência ao Hospital Salgado Filho, onde, após quase uma hora de atendimento emergencial, infelizmente veio a óbito. Aos familiares e amigos de Ana Clara Benevides Machado nossos sinceros sentimentos”, disse a T4F, na nota.

Após o ocorrido, a produtora informou que distriburia nos shows seguintes água nas filas, em todos os acessos do estádio e no seu interior. Após a Portaria publicada pelo governo, eles liberaram a entrada de garrafas de plástico flexíveis para o evento.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo