Noticias

Revelado: veja o que o irmão de Suzane von Richthofen fez com a herança dos pais

Suzane Louise von Richthofen foi condenada a 40 anos de prisão por assassinar os pais, Manfred e Marísia von Richthofen, com o objetivo de herdar a fortuna da família. Após o crime, ocorrido em 2002, seu irmão Andreas von Richthofen, atualmente com 36 anos, iniciou uma batalha judicial para evitar que Suzane recebesse metade da herança. Na época, Suzane já havia catalogado todos os bens dos pais, incluindo detalhes como louças e mobílias da mansão onde o duplo homicídio ocorreu.

A disputa entre os irmãos foi levada aos tribunais, resultando, quatro anos após a tragédia, na decisão de que Andreas herdaria todo o espólio, avaliado então em quase R$ 10 milhões. Contudo, duas das propriedades, localizadas no bairro Campo Belo, enfrentam sérios problemas. As casas ficaram fechadas por tanto tempo que foram invadidas por falsos sem-teto, sendo uma delas utilizada clandestinamente por uma família.

Von Richthofen
Imagem: reprodução/ Jornal Contramão

Leia mais:

Quadrilha que fraudava cartões e liberava catracas do metrô é presa no Rio; entenda como cometiam o crime

Ousadia: cobrança de bandidos para ‘permitir’ obra no Rio chegou a R$ 1 milhão

Andreas von Richthofen

Andreas está enfrentando 24 ações judiciais em São Paulo por dívidas de IPTU e condomínio, acumulando um débito de aproximadamente R$ 500 mil. Sendo assim, ele corre o risco de perder suas propriedades herdadas. As casas, além de serem alvo de usucapião, estão sujeitas a serem leiloadas pela prefeitura de São Paulo devido às dívidas acumuladas.

O paradeiro de Andreas permanece desconhecido desde a pandemia, quando se refugiou em um sítio em São Roque, também herdado dos pais. A falta de contato dificulta a notificação sobre os processos e aumenta a possibilidade de perda dos bens. 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo