Jeffrey Dahmer: saiba as diferenças de Glenda Cleveland da série e na vida real

A série sobre a vida e os crimes de Jeffrey Dahmer foi um dos maiores sucessos da Netflix no ano de 2022. A história foi baseada nos fatos que realmente aconteceram com o serial killer, na maioria das vezes.

Todavia, um personagem principal foi um tanto alterado.

Glenda Cleveland foi inspirada em duas pessoas que estiveram presentes na vida de Dahmer

Durante grande parte da trama, vemos o ponto de vista de Glenda Cleveland, que se diz ser a vizinha do serial killer Jeffrey Dahmer. Diz-se que ela morava ao lado dele e reclamou com ele, a polícia e os gerentes do prédio sobre o cheiro de seu apartamento e sobre os barulhos e gritos estranhos.

Ela não foi ouvida até que fosse tarde demais. Mas, Cleveland era realmente muito diferente na vida real. A personagem de Glenda Cleveland que vemos na série de Jeffrey Dahmer na Netflix é na verdade baseada em duas pessoas na vida real

Segundo o The Milwaukee Journal Sentinel, a personagem de Glenda é uma das maiores diferenças entre a história da vida real e o que aconteceu na série Netflix.

Glenda é mostrada morando ao lado de Jeffrey Dahmer, quando de acordo com o site, ela na verdade morava em um prédio completamente diferente dele. A mulher teria morado no prédio ao lado, não no apartamento.

Jeffrey Dahmer na vida real tinha uma vizinha chamada Pamela Bass, que teve muitos desentendimentos com o assassino. Ela participou do The Jeffrey Dahmer Files e relembrou um momento em particular com Dahmer, que vemos no programa da Netflix, dele oferecendo a ela um sanduíche de “carne”.

Apesar de morar no prédio ao lado, é verdade que Glenda foi a pessoa que mais entrou em contato com a polícia sobre suas preocupações com o comportamento de Dahmer.

Ela lutou para conseguir que alguém a levasse a sério. O telefonema que vemos entre Glenda e a polícia no programa é verdade – foi ela quem ligou para a polícia depois de ver Dahmer com a vítima de 14 anos, Konerak Sinthasomphone.

Depois que Jeffrey Dahmer foi preso, Glenda continuou a viver na área e foi rotulada de heroína em sua comunidade local. Ela recebeu vários prêmios de grupos de mulheres e do Departamento de Polícia de Milwaukee por seu papel no caso Dahmer. Glenda Cleveland faleceu em 24 de dezembro de 2010, aos 56 anos.

Fonte: Hit