NoticiasProcesso Penal

Jornalista abre o jogo, denuncia diretor da Record por assédio sexual e é demitida

A jornalista Rhiza Castro fez denúncias de possíveis crimes envolvendo um diretor da TV Record. Sem declarar o nome, Rhiza, que foi apresentadora em diversos programas, diz ter sofrido assédio sexual durante um ano e foi demitida ao denunciar caso para RH da emissora.

“Quando eu já não tinha mais saúde para suportar o terror que estava vivendo, decidi denunciar o caso ao RH. Resultado: fui demitida dois dias depois da denúncia”, declarou a jornalista.

Após não ter o apoio da empresa, Rhiza decidiu levar o caso para a Justiça. Ela afirma que está movendo um processo trabalhista contra a TV Record e um criminal contra o diretor. 

Rhiza denuncia assédio
Imagem: Agora Notícias Brasil

Leia mais:

URGENTE: Bolsonaro apresenta queixa-crime no STF contra Lula

Como a pirataria e contrabando estão ligadas ao crime organizado?

Sem apoio da Record

Rhiza Castro foi primeiro ao RH da empresa a fim de ver qual seria a atitude diante dessa situação antes de fazer um boletim de ocorrência. Apesar de acreditar que teria apoio da Record, ela sabia que tinha a possibilidade de isso não acontecer. “Não tinha feito boletim de ocorrência, nada. Levei o fato ao RH e perguntei o que eles fariam. O que eles fizeram foi me demitir. Sabia que isso poderia acontecer, claro. Mas tinha esperança de que a empresa fosse séria e que zelasse pelo bem-estar dos colaboradores. Mas não foi isso, me enganei.”

Mais vítimas de assédio

Rhiza revelou que sabe sobre outras funcionárias que sofreram assédio pelo mesmo diretor, mas que nenhuma denunciou o caso. Além disso, a jornalista afirma que o diretor é casado e que sua esposa trabalha na emissora, mas que isso não o impede de cometer o assédio.

No X, antigo Twitter, a expressão “Record apoia assédio” ficou entre os assuntos mais comentados do Brasil e os internautas relembram que a emissora é dita como evangélica. A Record ainda não se pronunciou sobre o caso

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo