- Publicidade -

Justiça de Fortaleza nega pedido de defesa do DJ Ivis, e vídeos podem permanecer no ar

- Publicidade -

A defesa de DJ Ivis, no caso envolvendo as denúncias de agressões cometidas por ele contra a ex-mulher Pamella Holanda, requereu ao Poder Judiciário que determinasse a retirada dos vídeos divulgados nas redes sociais.

- Publicidade -

No entanto, a juíza da comarca de Fortaleza, Maria José Souza Rosado de Alencar, negou o pedido.

Caso DJ Ivis

Outro pedido feito pela defesa do DJ – de que Pamella fosse proibida pela Justiça de comentar sobre os fatos ocorridos à imprensa, em especial ao citar a filha, uma bebê de poucos meses – também foi negado pela magistrada.

- Publicidade -

A juíza decidiu que

a falta de veracidade ou eventuais excessos veiculados em matérias de internet deverão ser apurados posteriormente, sendo incompatível com o regime de plantão judiciário, pelo que deixo de acolher os pedidos formulados em tutela de urgência.

De acordo com a decisão, não houve comportamento exagerado por parte de Pamella nas redes sociais com a divulgação dos vídeos e comentários sobre o caso.

As investigações sobre o caso prosseguem, e a Polícia Civil do Ceará solicitou à Justiça medidas protetivas de urgência em favor de Pamella.


Leia também

- Publicidade -

STJ define novas diretrizes para valoração das circunstâncias do crime de roubo


Quer estar por dentro de todos os conteúdos do Canal Ciências Criminais?

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Disponibilizamos conteúdos diários para atualizar estudantes, juristas e atores judiciários.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais

Exame de DNA resolve caso de assassinato mais de 50 anos depois Justiça brasileira investigou Margarida Bonetti, mas nunca a encontrou Goleiro Bruno cria vaquinha online para pagar pensão Nova lei em Salvador define multa para quem assediar mulheres Justiça manda prender goleiro Bruno por não pagar pensão alimentícia